Contributos para a Identificação e Caracterização da Paisagem em Portugal Continental

A paisagem é reconhecida como uma parte fundamental do nosso património natural, cultural e científico e base da identidade territorial. O conhecimento da paisagem é fundamental numa política de ordenamento do território em diversas componentes, como sejam ordenamento, gestão, conservação, recuperação e valorização.

Assim, ainda em 1999, a Direcção-Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano encomendou à Universidade de Évora o estudo de identificação e caracterização da paisagem em Portugal Continental (publicado em 2004) e nos Açores (2005) e que constituiu uma base fundamental para a implementação da Convenção Europeias da Paisagem (CEP) e operacionalização dos seus princípios.

A publicação (composta por 5 volumes, além de informação gráfica e cartográfica) identifica e carateriza as unidades de paisagem e a sua integração em grupos de unidades. Cada uma das unidades de paisagem tem uma ficha que inclui a identificação e caracterização, não só dos aspectos mais relevantes do seu carácter mas, também, as tendências, potencialidades e problemas, os instrumentos de ordenamento aplicáveis e, ainda, orientações para a sua futura gestão, bem como cartografia e fotografias representativas dos padrões e do carácter da respectiva unidade de paisagem.

X